Antes de viver Beto em ''Haja coração'', que volta nesta segunda-feira, na Globo, João Baldasserini costumava interpretar papéis menores nas novelas da casa. Por isso, quando o ator recebeu a chance de ser o antagonista da trama, exibida originalmente em 2016, reconheceu que a oportunidade também podia ser um grande desafio.


— Foi meu primeiro antagonista. Até então, eu fazia testes para personagens menores. Foi quando recebi um destaque com a série ''Felizes para sempre'' e, graças a esse trabalho, o Daniel (Ortiz, autor da novela) resolveu me dar uma chance. Quando eu peguei o papel do Beto, fiquei assustado porque eu não tinha noção de como era gravar uma novela — conta o ator, de 36 anos.

Enquanto procurava a melhor maneira de conduzir seu personagem, João conta que recebeu ajuda da direção, comandada por Fred Mayrick, e também de Mariana Ximenes, que interpreta Tancinha. Na trama, os dois chegaram a formar um par romântico.

— Confiei muito na direção e a Mari foi me ajudando muito, me dando muitos toques. Quando a novela estreou, a gente era uma família muito unida. Eu me divertia muito no desenrolar das gravações — relembra o Zezinho de ''Salve-se quem puder''.

Ator já está gravando 'Salve-se quem puder' novamente
Ator já está gravando 'Salve-se quem puder' novamente Foto: Reprodução/Instagram

E com o vilão ''errado, mimado, playboy e bobalhão'', João descobriu um lado novo da atuação:

— Descobri uma nova linguagem de interpretar, porque até então eu fazia só drama. Em ''Haja coração'', me achei engraçado e me diverti comigo mesmo. Em casa, estudando o texto, eu ria das babaquices que falava. Virei comediante. A novela foi um divisor de águas na minha carreira e me ajudou a conhecer um lado cômico meu