A apresentadora Sabrina Sato não está vivendo bons momentos na Record. Desde o ano passado, quando perdeu o programa de sábado, a japa virou um problemão para a direção da emissora dos Bispos. Os executivos demoraram para decidir um formato que se encaixasse com a apresentadora e por fim confiaram a ela o comando do Domingo Show.

A estreia de Sabrina Sato aos domingos foi desastrosas, só não foi pior porque culparam a pandemia do novo coronavírus pelos péssimos resultados. O Domingo Show saiu do ar antes de completar um mês no ar sob o comando da japa. A direção da Record já anunciou uma nova produção para a apresentadora, que tem contrato até 2022.

Com salário de 900 mil reais por mês, Sabrina Sato virou um problema sem solução na Record. O reality Made In Japão, gravado para ser exibido no Domingo Show, retornará ao ar neste sábado (23), mas será levado ao ar com metade dos episódios previstos inicialmente e com outro ritmo.

Existe certa rejeição do público quanto ao posto de apresentadora ocupado por Sabrina Sato. Nos corredores da emissora já sabe-se que ela não tem potencial para segurar uma atração sozinha, mas não há nada previsto para a japa nos próximos a não ser a temida “geladeira” da Record.