Após o lançamento dos episódios finais da serie documental " The Last Dance " na segunda-feira, a lenda dos Jogos Olímpicos Michael Phelps comentou sobre as atitudes do seu xará e mito do basquete, Michael Jordan . A série explora a carreira do jogador do Chiago Bulls, que levou o time a conquistar seis títulos da NBA. O nadador reconheceu que era tão cruel quanto Jordan com seus colegas de equipe.

— Para ser franco, todo mundo diz que ele era um idiota, mas eu comentaria o mesmo sobre mim — disse Phelps sobre os comentários de que o jogador de basquete era duro com seus companheiros de time. Essa característica foi exaltada pelo documentáro, que mostra o lado extremamente competitivo de Jordan. Phelps parece ter se identificado:

— Eu era um idiota quando eu estava treinando, porque queria ajudar todos a garantir que tivessem a mesma chance que eu de vencer — disse o nadador.

Curiosamente, quando Phelps nasceu em 1985, Michael Jordan já havia jogado a primeira temporada na NBA e conquistado ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 84. O nadador era adolescente quando Chicago Bulls dominou o basquete americano e criou a dinastia inesquecível dos anos 90.

Hoje, Phelps é recordista olímpico, com 28 medalhas em quatro edições do evento. Mas para atingir esses resultados, precisou pressionar a si mesmo e a todos a sua volta, assim como Micheal Jordan.

— Estamos todos trabalhando juntos como equipe, embora nadar seja um esporte individual. Queremos o melhor um para o outro, por isso sempre os desafei para garantir que eles estivessem motivados — disse Phelps .