Cantora Valéria Barros aproveita boa fase

22 Julho, 2018

Quem acompanhou a música sertaneja nos anos 1980, com certeza se lembrará da renomada dupla As Mineirinhas, formada pelas primas Valéria Barros e Sandra de Oliveira. 

Durante aquela década, o duo, criado quando as artistas ainda eram crianças, lançou dez álbuns, entre LPs e CDs, e conquistou o respeito de radialistas e profissionais do mercado – por conta do repertório romântico e das harmonias vocais.

A dupla se desfez nos anos 1990, mas Valéria Barros manteve-se no mercado, dividindo-se entre apresentações solo e o trabalho de backing vocal de artistas conhecidos. Em 2009, convidou a mãe, Eleusa, para acompanhá-la, fazendo segunda voz num DVD em homenagem às Mineirinhas, quando relembraram sucessos da dupla. O registro, despretensioso, que contou com algumas participações (como as duplas Di Paullo & Paulino e Otávio Augusto & Gabriel), indicou a Valéria que ela estava no caminho certo. “Os vídeos foram muito acessados no YouTube, amigos e profissionais da música me elogiaram muito e me incentivaram a investir de vez na carreira solo”, explica Valéria, que à época trabalhava com a dupla Guilherme & Santiago. Quatro anos mais tarde, ela teve a certeza de que este era mesmo o caminho, quando viu viralizar na net o registrou em vídeo de uma apresentação em que cantava o melhor do sertanejo tradicional.

O tempo passou, até que Valéria Barros concebeu e gravou, no fim de 2017, o belo DVD Amigos & modão, atualmente em fase de divulgação e que gerou seu novo show. Com produção de Pinocchio e direção de vídeo de Anselmo Troncoso, Amigos & modão foi gravado em novembro, numa chácara de Goiânia, e contou com participações de peso – Leonardo, Bruno & Marrone, Gusttavo Lima, Eduardo Costa, Bruna Vila e Trio Parada Dura, além da mãe da cantora. “Tanto eu quanto meu manager (e marido Claudio Marcelo, que atualmente trabalha na Talismã) temos muitos amigos no meio artístico”, justifica ela, sobre o time estelar.

O repertório do projeto é todo de regravações de grandes sucessos da música sertaneja. A única exceção é Alcoolizando sentimento, que traz a participação de Bruno & Marrone. “Quando eu convidei a dupla, o Bruno, com quem me dou super bem, brincou: ‘eu só gravo se for um modão inédito’. A ideia era só ter regravações, mas, pra ‘agradar’ o Bruno, acabamos encontrando essa sofrência linda, composta por Diego Silveira / Waleria Leão / Rafa Borges e Nicolas Damasceno. Por ser inédita, Alcoolizando sentimento acabou sendo escolhida como primeiro single”.

Com Eduardo Costa, Valéria canta Não preciso de você, composição do artista, gravada por ele em 2005. Com Leonardo, o dueto é na romântica e sofrida Noites tristes, gravada por Solevante e Soleny no final dos anos 1970. “O Leo queria regravar Menina apaixonada, sucesso das Mineirinhas, mas depois topou participar deste clássico que é Noites tristes”, explica. Coube a Gusttavo Lima registrar com ela a bela Não tem adeus quando se ama, lançada originalmente na fase solo do cantor Renê (que fez dupla com Ronaldo). “Foi interessante porque nós mandamos a música pro Gusttavo e o deixamos a vontade para indicar outra, se não gostasse da nossa sugestão. Mas ele adorou, contou que desde criança é fã desta música”, afirma Valéria. Já o Trio Parada Dura aparece em duas faixas, Castelo de amor e Buscando perdão, gravadas então por Creone, Barrerito e Mangabinha respectivamente nos anos 1970 e 1980. “Eu conheço o trio há mais de 30 anos e ele está entre minhas principais influências musicais”, afirma a artista que, no ano passado, participou do DVD Chalana, churrasco e viola, do Trio Parada Dura, na música Resto de gente.

O repertório do DVD reserva ainda a interpretação de Valéria para outros clássicos do gênero, como Frio da madrugada (original de Rionegro & Solimões), Tá faltando amor (João Paulo & Daniel), Acabou o amor (Eduardo Costa), Quem ama perdoa (Gian & Giovani) e Sofrendo calado (Gino & Geno), esta última com a participação de sua mãe.

SHOW BASEADO NO DVD

Todas as músicas do DVD, além de algumas conhecidas dos tempos de As Mineirinhas (casos de Só quero te dizer e Briga com ela) estão presentes no show que Valéria montou e com o qual se apresenta na companhia de sua banda. O melhor de tudo é que a artista acabou fechando com a Talismã para o lançamento de seu DVD e o agenciamento de sua carreira. “Foi uma surpresa agradável pra mim. Meu marido me levou até a casa do Leonardo para assistirmos a edição final do produto. Quando cheguei, havia alguns convidados, entre eles o William Passarinho (sócio do cantor na Talismã). Ao final, eles perguntaram se eu queria lançar o DVD pela Talismã Music e se eu topava entrar para o cast da empresa. Fiquei super emocionada e lisonjeada, pois a Talismã é gigante, tem muitos contatos, seja no rádio e junto a contratantes, e isso com certeza vai alavancar minha carreira”, afirma Valéria, que tem o maridão Claudio Roberto como seu manager na empresa de Leonardo.